A ementa, número de vagas, período de oferecimento e créditos das disciplinas podem ser visualizadas no sistema Janus: aqui

 

 Grade Horária: 1º trimestre de 2020

 

Disciplina M/D Docente Dia da Semana Horário e sala Prazo Cancelamento Prazo Atribuição Conceitos Programa
[RCC4111]
Metodologia de Pesquisa Aplicada à Contabilidade e Controladoria
M Prof. Dr. Marcelo Sanches Pagliarussi Terça-feira 08h00-13h00
Sala: 07-B1

23/03/2020 

14/07/2020   
[RCC4112]
Teoria da Contabilidade e Controle
M Profa. Dra. Flávia Zóboli Dalmacio Terça-feira 13h30-18h30
Sala: 07-B1
23/03/2020  14/07/2020   
[RCC6001]
Contabilidade Financeira Avançada
D Profa. Dra. Maisa de Souza Ribeiro Quarta-feira

08h00-13h00
Sala: 07-B1

23/03/2020  14/07/2020    

[RCC6006]
Projetos de Teses

D Prof. Dr. Amaury José Rezende

Quarta-feira

13h30-18h30
Sala: 07-B1
23/03/2020  14/07/2020   
[RCC5250]
Investimentos
M/D Prof. Dr. Fabiano Guasti Lima Quinta-feira 13h30-18h30
Sala: 07-B1
23/03/2020 14/07/2020    

 

              

 

 

Obs: M - Mestrado, D - Doutorado

 

Grade horária de semestres anteriores

 

Consulte 2º semestre de 2019 aqui
Consulte 1º semestre de 2019 aqui
Consulte 2º semestre de 2018 aqui
Consulte 1º semestre de 2018 aqui
Consulte 2º semestre de 2017 aqui
Consulte 1º semestre de 2017 aqui
Consulte 2º semestre de 2016 aqui
Consulte 1º semestre de 2016 aqui
Consulte 2º semestre de 2015 aqui
Consulte 1º semestre de 2015 aqui
Consulte 2º semestre de 2014 aqui
Consulte 1º semestre de 2014 aqui
Consulte 2º semestre de 2013 aqui
Consulte 1º semestre de 2013 aqui
Consulte 2º semestre de 2012 aqui
Consulte 1º semestre de 2012 aqui
Consulte 2º semestre de 2011 aqui
Consulte 1º semestre de 2011 aqui
Consulte 2º semestre de 2010 aqui
Consulte 1º semestre de 2010 aqui

Agenda Qualificações

Agenda Defesas

  • Lucas Allan Diniz Schwarz Open or Close

    Área:    Controladoria e Contabilidade

    Curso: Mestrado
    Data:    14/02/2020, às 17h00 - horário de Brasília
    Local: 
    Sala 43, Bloco B2 da FEA-RP
    Título: Incerteza sobre a política econômica e estrutura de capital: evidências no Brasil
    Autor: Lucas Allan Diniz Schwarz

     

    Banca: Prof(a). Dr(a). Flávia Zóboli Dalmácio (Presidente)

    Prof(a). Dr(a). José Elias Feres de Almeida (Universidade Federal do Espírito Santo - UFES) - MCONF RNP

    Prof(a). Dr(a). Fernando Dal-Ri Murcia (Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade - FEA) - MCONF RNP

    Prof(a). Dr(a). Marcelo Augusto Ambrozini (FEA-RP)

     

    Resumo: 

    Este estudo procurou investigar como a incerteza sobre a política econômica afeta as decisões de alavancagem das empresas brasileiras listadas em bolsas de valores. Primeiras evidências sugerem que firmas não-financeiras listadas empregam menos dívidas em suas estruturas de capital em momentos de maior incerteza sobre a política econômica (Lv & Bai, 2019; Zhang, Han, Pan, & Huang, 2015). A partir de dados trimestrais de 163 firmas não-financeiras brasileiras listadas na B3 entre março de 2010 e março de 2019, foi verificado que as firmas não-financeiras da amostra responderam a níveis elevados de incerteza sobre a política econômica com maiores níveis de alavancagem, mesmo quando controla-se as condições macroeconômicas, contrariando a perspectiva clássica apresentada pela Teoria do Trade-off para a relação entre incerteza e alavancagem. Os achados deste estudo são,ao menos preliminarmente,consistentes comaTeoriadoMarketTiming. Os resultados persistem em especificações que procuraram minimizar possíveis problemas de endogeneidade.

Atualização do site

  • Atualizado em: 17 Janeiro 2020, 18:38:47.