Alunos especiais são aqueles matriculados apenas em disciplinas isoladas sem vínculo com o Programa de Pós-Graduação. As inscrições para o processo de seleção de alunos especiais ocorre em dezembro/janeiro para as disciplinas do primeiro semestre e em junho/julho para as disciplinas do segundo semestre.

Conforme artigo 55 da resolução CoPGr Nº 7493, de 27/03/2018, podem, a juízo da CCP, ser admitidos para matrícula em disciplinas de Pós-Graduação, na condição de alunos especiais, alunos de graduação da USP. Assim, alunos de graduação da USP podem solicitar a autorização da CCP para cursar disciplinas, mediante envio ao Serviço de Pós-Graduação requerimento devidamente justificado, embasado com documentos se for o caso, sem a necessidade de participarem deste processo seletivo.

 

Norma que regulamenta a participação de Alunos Especiais no PPGCC

Deliberação CCP-PPGCC nº 2, de 28 de agosto de 2014

 

Abertos

Período de inscrição: 13/06/2019 a 01/07/2019

Edital de Seleção - Disciplinas do 2º semestre letivo de 2019

Ficha de inscrição on-line

Geração de boleto para pagamento * 

Resultado do Processo Seletivo em 19/07/2019

 

* Se houver problema de geração do boleto, entre em contato imediatamente pelo e-mail posgrad@fearp.usp.br

 

 

Encerrados

 

Período de inscrição: 10/12/2018 a 15/01/2019

Edital de Seleção - Disciplinas do 1º semestre letivo de 2019

Ficha de inscrição on-line

Geração de boleto para pagamento * 

Resultado do Processo Seletivo

  

Período de inscrição: 13/06/2018 a 29/06/2018

Edital de Seleção - Disciplinas do 2º semestre letivo de 2018

Ficha de inscrição on-line

Geração de boleto para pagamento

Resultado do Processo Seletivo em 17/07/2018

 

Período de inscrição: 13/12/2017 a 11/01/2018

Edital de Seleção - Disciplinas do 1º semestre letivo de 2018

Ficha de inscrição on-line

Geração de boleto para pagamento

Resultado do Processo Seletivo

 

Período de inscrição: 05/06/2017 a 23/06/2017

Edital de Seleção - Disciplinas do 2º semestre letivo de 2017

Ficha de inscrição on-line

Geração de boleto para pagamento

Resultado do Processo Seletivo

 

Período de inscrição: 13/12/2016 a 13/01/2017

Edital de Seleção - Disciplinas do 1º semestre letivo de 2017

Ficha de inscrição on-line

Geração de boleto para pagamento

Resultado do Processo Seletivo

 

Edital de Seleção - Disciplinas do 2º semestre letivo de 2016 (Retificado DOE 16/06/2016)

Ficha de inscrição on-line

Geração do boleto para pagamento

***Atenção*** Para a prova da disciplina Finanças Corporativas levar calculadora financeira ou HP12C.

Resultado do Processo Seletivo

  

Edital de Seleção - Disciplinas do 1º semestre letivo de 2016

Retificação Edital FEA-RP 41/2015

Ficha de inscrição on-line

Resultado do Processo Seletivo 

 

Edital de Seleção - Disciplinas do 2º semestre letivo de 2015: aqui

Ficha de Inscrição on-line: aqui

Resultado do Processo Seletivo: aqui

Agenda Qualificações

Agenda Defesas

  • Ricardo Theodoro Open or Close

    Defesa de dissertação de Mestrado:
    Área:    Controladoria e Contabilidade
    Data:    27/11/2019, às 08h30 - horário de Brasília
    Local: 
    Sala 43, bloco B2 da FEA-RP
    Título: Ações discricionárias em cooperativas de crédito: aplicações da Lei de Benford
    Autor: Ricardo Theodoro

     

    Banca: Prof(a). Dr(a). Carlos Alberto Grespan Bonacim (Presidente)

    Prof(a). Dr(a). Alessandro Gustavo Souza Arruda (Universidade Federal do Mato Grosso do Sul - UFMS)

    Prof(a). Dr(a). Mateus de Carvalho Reis Neves (Universidade Federal de Viçosa - UFV) - MCONF RNP

    Prof(a). Dr(a). Eugênio José Silva Bitti (FEA-RP)

     

    Resumo: 

    Trabalhos anteriores verificaram a presença de gerenciamento de resultados em cooperativas de crédito para income smooth utilizando regressões como técnica de identificação. Com isso, este trabalho buscou ampliar estas pesquisas verificando se existem cooperativas de crédito singulares que praticam ações discricionárias que divergem do padrão do setor através da utilização de uma técnica chamada Lei de Benford. Para isso, a Lei de Benford foi aplicada à todas as cooperativas de crédito singulares do Brasil no período de 2006 à 2017, para as contas Receita Operacional, Despesa, Caixa e PCLD. Dado o surgimento das Resoluções nº 4.434 e nº 4.454 em 2015 que dispõem, respectivamente, sobre a contratação de gestores e auditoria independente em cooperativas de crédito, foi realizado primeiro um recorte no período 2014 à 2017 e depois recorte destes quatro anos individuais. Os resultados apontam que a aplicação da Lei de Benford para um conjunto longo de períodos não captura variações no tempo, uma vez que determinadas ações discricionárias, como gerenciamento de resultados, tem como premissa o retorno do valor real em períodos futuros. Quando aplicado em anos individuais, é observado a presença de possíveis ações discricionárias que estejam fora o padrão normal das cooperativas de crédito. Embora o número de cooperativas presentes nos valores que mais destoam da Lei de Benford (que indicaria maior probabilidade de discricionariedade fora do padrão), o número de cooperativas que se repetem nas contas aumentou com o passar do tempo, apesar de minimamente. Estes resultados podem ser um indício de que as Resoluções nº 4.434 e nº 4.454 estejam contribuindo para que as cooperativas de crédito se adéquem ao padrão do setor.

Atualização do site

  • Atualizado em: 14 Novembro 2019, 21:34:12.