Sexta, 24 Agosto 2012 18:07

FAQ

Avalie este item
(0 votos)

Quando são lançados os editais?

Todo ano os editais para intercâmbio do International Office da FEA-RP​ são lançados​ na primeira quinzena de março​ para intercâmbio no segundo semestre d​o ano​ corrente​, e ​na primeira quinzena de agosto​ ​para ​intercâmbio n​o primeiro semestre do ano seguinte.

 

Quais são os requisitos para me inscrever?

  • Ser aluno regularmente matriculado;
  • Ter no mínimo 20% dos créditos cumpridos e no máximo 90% (isso inclui todos os créditos necessários para se formar);
  • Ter média ponderada suja igual ou maior que 6,0;
  • Apresentar comprovante de proficiência de acordo com o exigido pela Universidade de destino.

No caso de ECEC, a porcentagem é calculada em relação à PRIMEIRA HABILITAÇÃO, apenas.

A média levada em conta é a do semestre anterior ao que você está se candidatando, ou seja, caso você se matricule no edital lançado em Agosto de 2014, o resumo escolar contará com suas notas desde quando você entrou na Faculdade até as notas referentes ao primeiro semestre de 2014.

 

Qual a pontuação que devo obter no exame de proficiência?

A pontuação necessária é determinada pela Universidade de Destino, e é divulgada juntamente com o edital.

 

Quais as Universidades que posso escolher?

​O aluno pode fazer intercâmbio nas universidades parceiras da FEA-RP, cujo convênio esteja vigente​ e ofereça vagas naquele semestre​. As vagas podem sofrer modificações em cada edital (diferença no número de vagas, inclusão ou exclusão de vagas, etc) de acordo com o interesse/disponibilidade da universidade. As vagas e o número disponível também são disponibilizados ao lançamento dos editais. Você poderá consultar os editas anteriores para ter uma noção das vagas, mas isso não garante que a mesma vaga estará disponível nos Editais seguintes.

 

No caso de Intercâmbio pela ​Agência USP de Cooperação Internacional (​AUCANI​)​, as vagas disponíveis são divulgadas nos próprios editais. Lembrando que o oferecimento de vagas nas IES Estrangeiras conveniadas depende da disponibilidade das mesmas, negociadas periodicamente pela Agência USP​ de Cooperação​ Internacional. 

 

O oferecimento de vagas nas IES Estrangeiras conveniadas depende da disponibilidade das mesmas, negociadas periodicamente. Nem sempre a existência de um convênio acadêmico prevê a realização do intercâmbio.

 

Caso eu queira realizar um intercâmbio através de um convênio USP e não exclusivo FEA-RP ou outra Unidade, o que devo fazer?

Esses convênios são de responsabilidade única e exclusiva da Agência USP​ de Cooperação​ Internacional (www.usp.br/internatinaloffice). O International Office da FEA-RP apenas realiza a divulgação destes Editais a auxiliam o aluno em alguns procedimentos. Os editais da USP, as inscrições e dúvidas são realizadas diretamente no Sistema Mundus.

 

Caso queria se inscrever nos programas da AUCANI, você deve acessar os editais abertos. Antes de se inscrever, leia com atenção e cuidado o edital do processo de seleção. Não recomendamos o seu download, pois o edital é constantemente atualizado para a inclusão de novas informações como: locais e horários das etapas do processo seletivo. Sugerimos consultá-lo diretamente no site http://www.sistemas.usp.br/mundus .

 

Posso escolher mais de uma opção para a Universidade de destino?

Sim, você pode escolher até 5 universidades diferentes para processo seletivo do International Office. Lembramos que deve ser feito um plano de estudos para cada universidade pretendida.

 

Após ser aprovado em um Edital, já posso me considerar aceito pelo Instituição Estrangeira?

Os documentos dos candidatos aprovados serão encaminhados à instituição escolhida. É importante lembrar que a instituição escolhida é responsável pelo parecer final. O estudante aprovado pela ​FEA-RP ou ​USP só será considerado aprovado pela instituição estrangeira após o recebimento de uma carta de aceitação.

 

Caso aprovado pela universidade estrangeira, caberá ao estudante realizar todos os trâmites exigidos para o visto.

 

Qual universidade devo escolher? O que devo levar em consideração?

Você deve pensar em vários fatores. O principal dele é área de estudo: Qual sua área de pesquisa ou em qual será o tema de seu TCC?  Algumas universidades são mais especializadas em determinadas áreas. Verifique com professores o que eles podem te indicar dentro das opções que você tem em mente. Além disso, é importante pensar em qual idioma você prefere estudar (inglês, espanhol, francês). É estritamente necessário estar bem preparado nesse quesito. Leve em consideração também as questões culturais do país (por exemplo, você prefere Reino Unido, Índia ou Canadá?), tamanho da cidade e custo de vida (Turku ou Helsinque? Lille ou Paris? Santander ou Barcelona?)

 

Quando devo escolher a instituição na qual pretendo estudar?

Você encontrará a relação completa das instituições que estarão concedendo vagas para os alunos da FEA-RP naquele semestre junto com os documentos para inscrição no Processo Seletivo. Você deverá numerar em ordem de preferência (no máximo cinco universidades) aquelas instituições em que você possui um sério interesse em realizar intercâmbio. Essa escolha é definitiva, pois, no processo classificatório, o International Office irá respeitar a ordem de suas opções. Uma vez confirmada a vaga na universidade escolhida, não há opções de alteração.

 

Posso me inscrever para universidades em que o número de vagas está especificado como "a critério da universidade receptora"?

Sim, você pode se inscrever normalmente para universidades que não tenham o número de vagas definido, somente ressaltamos que a aceitação definitiva está a critério da universidade do exterior.

 

Quais são os principais custos de um Intercâmbio?

O intercâmbio realizado através dos convênios ​FEA-RP e USP isenta os alunos dos pagamentos das mensalidades acadêmicas (Tuition Fees), porém cabe aos alunos custear as despesas de viagem, documentação e manutenção (alimentação, moradia, seguro saúde, transporte, etc.).

Semestralmente, os alunos que realizaram intercâmbio pela FEA-RP, preenchem um Relatório de Intercâmbio, que engloba os custos médios incorridos com Transporte, Alojamento e Alimentação. Para consultar esses relatórios basta acessar o link: http://international.fearp.usp.br/alunos-fea-rp-outgoing/relatorios-de-intercambio .

 

Ainda não tenho a proficiência exigida e provavelmente o resultado oficial demoraria pra chegar. É possível a entrega do resultado deste exame em outra data?

Caso o aluno não tenha o documento original de proficiência, é possível se inscrever com o resultado impresso da internet. Nesse caso o aluno deverá entregar, além da documentação normalmente exigida e do documento de proficiência impresso da internet, um requerimento redigido pelo próprio aluno justificando o motivo de não possuir o documento original e solicitando que a inscrição seja aceita. Assim, esse pedido será analisado pela CRInt FEA-RP e, caso seja aceito, a inscrição do aluno ficará condicionado à entrega do resultado original dentro de um prazo a ser estipulado. Não serão aceitas inscrições sem ao menos um comprovante de proficiência no idioma, conforme exigência da universidade estrangeira que o aluno selecionou.

 

O meu passaporte tem vencimento para 1 mês depois da data de inscrição limite. Posso me inscrever com ele e apresentar o novo posteriormente?

É possível se inscrever com passaporte vencido ou que irá vencer, desde que o aluno entregue no ato de inscrição um comprovante de que deu entrada nos documentos para obtenção de novo passaporte junto à Polícia Federal. Assim, a inscrição do aluno ficará condicionada à entrega do resultado original dentro de um prazo a ser estipulado.

 

Já estou fazendo intercâmbio pelo CRInt FEA-RP, como faço para prorrogá-lo por mais um semestre?
É possível estender seu período de intercâmbio para a mesma instituição ou para outra do mesmo país, ou ainda de outro país diferente do qual você já faz intercâmbio, desde que haja vaga suficiente e comprovação do idioma. Caso o aluno pretenda continuar em intercâmbio por mais seis meses (o limite é sempre de um ano), havendo vaga, basta enviar ao International Office os documentos exigidos (por e-mail), dentro do período de inscrições de 2ª chamada. Para a prorrogação os documentos exigidos são: formulário de inscrição, preenchido e assinado pelo aluno e cópia de matrícula ou vínculo com a universidade no exterior. Caso o aluno tenha interesse de mudar de país, deverá também enviar comprovante de proficiência no idioma, conforme determinação da universidade de destino.

 

Lembrando que a prorrogação do período de intercâmbio é uma concessão, não um direito, que será analisado pela FEA-RP e pela Instituição de Destino.

 

O que devo fazer quanto a minha matrícula na USP referente ao período de intercâmbio?

O aluno selecionado para o programa de intercâmbio deverá seguir as orientações que serão passadas pelo International Office e pelo Serviço de Graduação em momento oportuno.

 

Como funciona o processo de equivalência das disciplinas cursadas no Intercâmbio?

Todos os alunos que forem aprovados no programa de intercâmbio serão orientados sobre esse procedimento.

 

Basicamente, o aluno realiza o pedido prévio de equivalência junto ao Serviço de Graduação(antes de viajar); deve sempre manter o Serviço de Graduação informado de alterações na escolha das disciplinas escolhidas; por fim, ao retornar do intercâmbio, o Serviço de Graduação deve receber o histórico escolar do aluno. Quaisquer dúvidas relacionadas ao processo individual devem ser encaminhadas ao Serviço de Graduação.

 

As disciplinas cursadas no exterior tem equivalência na FEA-RP?

As disciplinas cursadas no exterior podem ser aproveitadas das seguintes formas:

  • Optativas Livres: quando o nome da Instituição estrangeira e as disciplinas cursadas no exterior são inseridos no histórico escolar do aluno, com o registro de “Disciplinas Cursadas no Exterior”. Nesse caso, o Coordenador do Curso irá atribuir a quantidade de créditos de optativas livres para cada disciplina cursada;
  • Optativas Eletivas: quando a disciplina cursada no exterior tem conteúdo compatível   com uma disciplina optativa eletiva do curso do aluno na FEA-RP. Então, se o pedido de equivalência for aprovado pelo Departamento responsável, constará no histórico escolar do aluno o registro da dispensa da disciplina optativa eletiva, com os créditos correspondentes da referida disciplina;
  • Obrigatórias: quando a disciplina cursada no exterior tem conteúdo compatível com uma disciplina obrigatória do curso do aluno na FEA-RP. Então, se o pedido de equivalência for aprovado pelo Departamento responsável, constará no histórico escolar do aluno o registro da dispensa da disciplina obrigatória.

 

Posso fazer meu TCC durante o intercâmbio?

O aluno não poderá se matricular na disciplina de TCC durante o intercâmbio acadêmico. No entanto, com a anuência do orientador, pode dar realizar algumas atividades, como por exemplo: pesquisa de campo no exterior, coleta de informações, entrevistas com pessoal local, bibliografia não disponível aqui, buscar apoio com algum contato do orientador na universidade de destino. São ações que vão fazer um diferencial na monografia e que não poderiam ser feitas aqui no Brasil.

 

Posso realizar meu estágio fora do país?

Atualmente na FEA-RP, não há validação de estágio feito no exterior.

 

Tenho DP (Dependência), ainda assim posso me inscrever para o intercâmbio?

No​s​ Edita​is d​a CRInt FEA-RP sim, desde que sua média suja seja superior ou igual a 6,0, e cumpra os demais requisitos.

 

Ainda, é válido relembrar que Dependência é diferente de Reprova. Quando o aluno cursa uma disciplina e é reprovado ele passa a ter uma Dependência enquanto não cursa a Disciplina e é aprovado. A partir do momento que o aluno cursa a Disciplina novamente e é aprovado, ela passa a ser uma Reprova e não mais uma Dependência.

 

Qual o papel do International Office no Programa de Intercâmbio?

Fomentar a internacionalização da FEA-RP, Divulgação das Oportunidades, Orientação dos alunos, Procedimentos Administrativos, Realização de Edital próprio e demais processos referentes à parte Acadêmica do Intercâmbio.

 

Quais são as principais responsabilidades do Aluno no programa de intercâmbio?

Cabe ao aluno reunir todos os documentos necessários, realizar os procedimentos necessários e obter o visto, compra de passagem e seguro saúde, moradia, etc. Deve realizar os procedimentos da universidade de destino, escolha de disciplinas, envio de documentos etc. Além disso, deve realizar os procedimentos de matrícula e aproveitamento de estudos na FEA-RP, seguir as orientações do Serviço de Graduação e do International Office, comparecer às reuniões de orientação e feedback. É fundamental que o aluno também programa a vida pessoal para o intercâmbio, tome decisões sobre estágio, emprego, bolsas etc (no Brasil).

 

Estou com um problema pessoal e talvez tenha que cancelar o intercâmbio. Como eu faço?

Entre em contato com o International Office o mais rápido possível sobre a sua desistência, qualquer que seja o motivo.​ ​É necessário realizar procedimentos internos e o quanto antes isso for feito, menor será o prejuízo para os envolvidos.​

 

Posso alterar o período de intercâmbio para o qual fui selecionado?

Não. O período do intercâmbio deve respeitar o estabelecido em Edital.

 

Quais os próximos passos após a aprovação no processo seletivo pelo International Office?
Após a divulgação da lista de aprovados no Processo Seletivo CRInt, o aluno deverá confirmar interesse na vaga obtida. Depois, o International Office fará a nomeação do aluno para a Universidade no exterior e informará o aluno sobre os outros procedimentos necessários para ele aplicar para tal universidade. Após o envio de toda a documentação necessária para a aplicação, a universidade enviará a Carta de Aceitação, documento indispensável para o visto e que comprova a aceitação da universidade.

 

Há um mínimo de créditos que precisam ser cursados na Universidade no exterior?
O aluno selecionado para intercâmbio do International Office deverá cursar e ser aprovado no mínimo em 24 créditos ECTS (equivalente a 16 créditos USP)

O aluno faça intercâmbio com Bolsa deverá cursar e ser aprovado no mínimo em 30 créditos ECTS (equivalente a 20 créditos USP).

Caso a universidade no exterior exija mais do que o mínimo acima mencionado, o aluno deverá respeitar essa determinação da instituição parceira.

 

É importante ressaltar que se trata de intercâmbio acadêmico: o aluno está utilizando um serviço especializado da FEA-RP e da USP para sua viagem ao exterior, com bolsa de manutenção e/ou com a isenção de taxas acadêmicas e deve apresentar como contrapartida ter bom desempenho no exterior e ser aprovado nas disciplinas matriculadas.

 

Casos de reprovação serão levados à Comissão de Relações Internacionais ou à Diretoria da FEA-RP e o aluno estará sujeito a punições de acordo com a situação.

 

O que acontece em caso de reprovação em algum disciplina cursada no exterior?

Neste caso o aluno deve encaminhar ao International Office um documento formal, devidamente assinada pelo aluno, justificando a reprova. Após o envio desse documento, ele será convocado para participar de uma reunião da CRInt que irá deliberar sobre o caso.

 

Posso concorrer no processo seletivo CCInt e no processo seletivo AUCANI ao mesmo tempo? O que devo fazer se for aprovado nos dois?

Sim, você pode tentar os dois processos seletivos ao mesmo tempo. Se for aprovado nos dois, você deverá escolher somente um e justificar a desistência do outro. O aluno que vier a desistir de um dos programas deverá redigir uma carta em português à CRInt FEA-RP ou à AUCANI/USP e para a universidade parceira em inglês (ou no idioma local) explicando e detalhando os motivos que o levaram a desistir da vaga.

 

Onde e como vou conseguir moradia?

Depende da instituição de destino. Algumas universidades oferecem acomodação dentro do campus; outras oferecem acomodação fora do campus; outras ajudam o intercambista a encontrar alojamento na cidade. Em todos os casos, mas principalmente no último, a melhor dica é conversar com quem já esteve lá, ou seja, com os alunos que realizaram intercâmbio no mesmo lugar ou, se possível, com os que lá estiverem naquele semestre.

 

Preciso ter seguro-saúde internacional?

SIM. Algumas escolas exigirão esse seguro na hora da matrícula; alguns países exigem o seguro para conceder o visto. Mas mesmo quando não for obrigatório, FAÇA seguro saúde com cobertura internacional. Nunca se sabe o que pode acontecer, por mais que você tome cuidado. Com o seguro você viajará mais tranqüilo, sua família ficará mais tranqüila, seus amigos, namorada(o), nós do International Office da FEA-RP, etc., enfim todas as pessoas que gostam e se preocupam com você ficarão mais tranqüilas e assim você poderá aproveitar melhor o intercâmbio. Informe-se sobre isso antes de viajar.

 

Qual a média necessária para se conseguir uma vaga?

Este é um fator absolutamente variável, já que depende do que estiver estipulado no manual e também dos alunos que estão se inscrevendo. Por melhor que seja a média de um aluno não há como garantir que ele irá conseguir a vaga que mais deseja. Vale lembrar que a média não é o único fator que conta, embora seja o de maior peso. Também a carga horária é considerada e há variações conforme o curso e o período. Mas não deixe de concorrer por causa da sua média.

 

Posso me inscrever para uma faculdade que não tem convênio?

Excepcionalmente o aluno pode se inscrever para intercambio em uma Universidade que não possua convênio com a FEA-RP, desde que devidamente justificado. Porém, o convênio é feito para facilitar os processos de intercâmbio e também isentar algumas taxas acadêmicas. Sendo assim o intercâmbio para uma Universidade não conveniada pode acarretar cobranças de taxas. No convênio também é especificado o número de vagas por semestre que podem ser aceitos em cada Universidade, ou seja, existe uma vaga garantida. Já com uma universidade sem convênio a aceitação do aluno dependerá inteiramente da Universidade.

 

Estou no primeiro ano, e vou completar 20% dos créditos no fim deste semestre, posso me inscrever? Estou no ultimo ano, e vou completar 90% dos créditos no fim deste semestre, posso me inscrever?

A exigência mínima e máxima de créditos é para o ato de inscrição, ou seja, se ao se inscrever você não tiver o mínimo de 20%, ou tiver ultrapassado o máximo de 90%, você não pode se inscrever.

 

Fui aprovado no intercâmbio, mas esqueci de demonstrar interesse na data correta, eu perdi minha vaga?

A data de confirmação está prevista no edital, e a confirmação consta como obrigatoriedade do processo, sendo assim a não confirmação de interesse na data certa acarreta em perda da vaga. Lembrando que a confirmação da vaga pode ser feita por e-mail e/ou presencialmente.

 

Fui aprovado mas quero me transferir para outra Unidade da USP, eu perco a vaga se fizer isto?

As vagas são especificas para cada unidade, tanto para bolsa quanto para intercâmbio sem bolsa. Sendo assim, se você for aprovado para o Intercâmbio pela FEA-RP e quiser se transferir para qualquer outra Unidade perderá sua vaga e, se for o caso, a bolsa. Isso acontece porque as vagas são especificas por unidade e em cada uma delas existem diferentes processos seletivos.

 

Após o intercâmbio, devo apresentar alguma documentação à USP?

Ao final do intercâmbio, o aluno deve entregar na Comissão de Relações Internacionais (C​RInt) o histórico com as notas obtidas nas disciplinas cursadas no exterior, bem como os respectivos programas.

 

Quando posso ter direito ao acréscimo de 5% do Programa de Buddy e/ou 10% no caso de Iniciação Científica?

O acréscimo na pontuação só poderá ser feito, caso sua iniciação científica já esteja concluída, ou no caso de Buddy, que o programa já esteja concluído.

 

Isto é, caso você seja Buddy de um intercambista no primeiro semestre de um ano,  o acréscimo só será computado no edital lançado no segundo semestre desse mesmo ano ou nos editais posteriores.

 

*São critérios para inscrição no Edital sem bolsa, com base no Edital de Março de 2014, do International Office FEA-RP, os requisitos podem sofrer alterações de Edital para Edital, e de Unidade para Unidade.

 


Dicas

Se você pretende participar do processo de intercâmbio, atente antes para as seguintes dicas:

  • As inscrições para o processo seletivo acontecem geralmente em março e agosto. A segunda chamada, realizada com as vagas remanescentes, normalmente ocorre 3 semanas depois. Fique atento! E não deixe para se preparar na última hora. As inscrições terminam no último dia do prazo, exatamente no horário marcado (19h00). Não são recebidas, em hipótese alguma, inscrições fora de prazo.
  • Cheque a data de validade de seu passaporte, pois ele deverá ter no mínimo 6 meses de validade a mais do tempo em que você permanecerá fora (por exemplo: se você for ficar fora do país até o mês de junho, seu passaporte deverá ter validade, no mínimo, até dezembro do mesmo ano). O International Office da FEA-RP exige cópia do documento no ato de inscrição. Caso seja necessário renová-lo, faça isso o quanto antes para evitar futuros problemas.
  • Certifique-se que você terá em mãos no período de inscrição o comprovante do idioma da instituição para a qual pretende ir. Caso seja o TOEFL, marque um exame com pelo menos 3 meses de antecedência das datas de inscrições. É muito mais seguro, pois você precisará apresentar o resultado oficial na hora de se inscrever (e entregar cópia do documento). No caso do TOEFL, resultado oficial é aquele que você receberá pelo correio!!! Você também tem a opção de fazer o TOEFL iBT que é feito via internet.
  • A Aalborg University, da Dinamarca, só aceita IELTS. Para as demais instituições cujas aulas sejam oferecidas em inglês, geralmente o TOEFL é aceito. Mas atenção que a pontuação é variável!!!
  • Aproveite o período de férias para fazer os cursos intensivos em escolas de idioma. Concluindo o nível equivalente a intermediário I de francês, alemão, espanhol, italiano ou japonês você já estará apto a se inscrever no processo seletivo do International Office da FEA-RP.
  • Planeje-se bem financeiramente, buscando em todas as fontes possíveis dados sobre custo de vida no país.
  • Venha até o escritório do International Office da FEA-RP (bloco B2 , sala 42) para consultar as pastas com material das faculdades, nas quais você poderá encontrar muitas informações relevantes, além de ler os relatórios dos intercambistas.
  • Pergunte bastante! Não tenha medo ou vergonha de tirar dúvidas. Fazer intercâmbio no exterior é algo muito sério e você precisa ter certeza de tudo: se está indo pro melhor local pra você, se está na hora certa, se a cidade escolhida atende às suas necessidades, etc.
  • Procure visitar os sites das instituições conveniadas, cujos links você pode encontrar em nossas páginas.
  • Procure entrar em contato com ex-intercambistas, eles poderão lhe dar conselhos valiosos. Não deixe de contatar também os intercambistas estrangeiros na FEA-RP. Quanto mais informações você coletar, mais seguro estará para fazer sua decisão.
  • Tenha a mente aberta para outros países, não restrinja suas opções a apenas algumas localidades. Há opções interessantes para quem quer aperfeiçoar seu inglês: Suécia, Finlândia, Holanda, Dinamarca, República Tcheca.
  • Alemanha, França, Argentina e Índia oferecem muitas vagas, portanto, são localidades menos concorridas. A fluência nos idiomas francês e alemão pode abrir muitas oportunidades na sua carreira profissional!
  • Espanha não é a única opção para quem quer aprimorar seu espanhol. Há muitas oportunidades interessantes na América Latina: Argentina, Peru, Colômbia, Costa Rica.
  • Independentemente da forma de aproveitamento das disciplinas cursadas no exterior, é obrigatório ao aluno a realização de uma solicitação prévia, conforme instruções disponíveis no Mural do Serviço de Graduação (Site da FEA-RP): http://www.fearp.usp.br/arquivos/formularios/grad/509/exterior.pdf
  • Se chegar no exterior e se matricular em outras disciplinas que não foram as avaliadas na solicitação prévia, entrar novamente no site da FEA-RP para solicitar alteração das disciplinas, justificando no campo “justificativa”.
  • Verifique se a ementa da disciplina está completa (carga horária, resumo, conteúdo). Se não houver as informações básicas, o professor não poderá avaliar a solicitação de aproveitamento prévio.
  • Prestar atenção na solicitação no tipo de obrigatoriedade: obrigatória, eletiva ou livre. Lembrando que para cursar Disciplinas no Exterior, pelo menos 1 tem que ser livre.
  • Apesar do semestre no exterior ser diferente em relação ao Brasil, lembrar que o pedido tem que ser feito no semestre que seria cursado aqui.
  • Pense também na possibilidade - muito provável por sinal - de cursar disciplinas que não existem na FEA-RP, mas que agregam valor ao seu currículo. Nesse caso, a equivalência obviamente não seria possível, mas você sairia ganhando em outro sentido.
Lido 3328 vezes