Segunda, 01 Julho 2019 15:03

Produção de açúcar no Brasil mostra melhora

Avalie este item
(1 Voto)

A produção de açúcar cresceu na safra de 2018/19 em importantes países da Ásia, como China e Índia, o que contribuiu para o aumento dos estoques mundiais e uma queda no seu preço de mercado. Existe a possibilidade do Brasil reconquistar a liderança mundial, uma vez que a Índia tem enfrentado problemas climáticos que podem afetar a produção.

 

Segundo o Boletim Setor Sucroalcooleiro de junho de 2019, no Brasil o preço do açúcar mostra uma tendência de recuperação: houve um aumento de 21,33% entre maio de 2018 e o mesmo mês de 2019, reflexo da redução na produção interna em favor do etanol, cujo preço caiu: em maio de 2019 atingiu R$1,62 por litro, um valor inferior ao observado ao mesmo período de 2018.

 

Projeções da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) mostram que a produção de açúcar no país alcançará 31,8 milhões de toneladas na safra 2019/2020, um aumento de 9,5% em relação à safra anterior. A de etanol terá uma queda de 8,4% em relação ao mesmo período. A projeção para o estado de São Paulo é um aumento de 10,4% para a produção açucareira e um declínio de 12,9% para a produção de etanol.

 

De modo geral, entre janeiro de 2014 a maio de 2019, nota-se uma tendência de queda dos preços das commodities no mercado internacional. Para o Brasil, no saldo acumulado de 12 meses até maio de 2019, houve queda nas exportações de soja (-4,0%) e açúcar (-1,81%). As exportações de carne aumentaram 0,86%, o café 3,68% e o petróleo 9,78%.

 

O etanol teve um aumento no valor exportado no saldo acumulado de 12 meses, apresentando um total de US$875 milhões, um valor US$56 milhões maior do que os 12 meses anteriores. A baixa volatilidade nas exportações se dá pelo fato do Brasil ser um líderes no mercado mundial, possuindo um mercado cativo.

 

O boletim foi elaborado pelos pesquisadores Francielly Almeida e Marcelo Lourenço Filho, sob a coordenação do professor Luciano Nakabashi, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEA-RP) da USP.

 

Por: Maria Paula Soeltl, Assessoria de Comunicação da FEA-RP. 

Lido 384 vezes Última modificação em Segunda, 01 Julho 2019 15:26