Sexta, 24 Mai 2024 11:41

Artigo de docente da FEARP é premiado no XXXII Simpósio de Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo

Avalie este item
(0 votos)

O artigo “Unveiling the cooperation dynamics in the photovoltaic technologies’ development”, de autoria da Profa. Dra. Geciane Porto, professora titular do Departamento de Administração da FEARP/USP, e do Prof. Dr. Alex Fabianne de Paulo, professor adjunto da Universidade Federal de Goiás, ganhou o prêmio de melhor artigo em inovação, tecnologia e empreendedorismo publicado em periódico internacional, por autores vinculados a programas de pós-graduação de instituições brasileiras.

A premiação ocorreu em meio ao XXXII Simpósio de Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo ocorrido entre 15 e 17 de maio na Escola Superior de Propaganda e Marketing de São Paulo (ESPM). O evento é promovido anualmente pela Anpad e tem como objetivo fomentar o desenvolvimento da área de Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo, considerando os diferentes subsistemas e dimensões de análise, observando, preferencialmente, os temas de interesse da divisão.

O artigo é resultado da tese de doutorado do Prof. Alex, sob orientação da Profa. Geciane, intitulada “Cooperação e Rotas Tecnológicas para o desenvolvimento de tecnologias sobre energia solar fotovoltaica: uma análise baseada em patentes” de 2019. O artigo premiado teve como objetivo “investigar” as dinâmicas de cooperação no desenvolvimento de tecnologias fotovoltaicas e analisou 37.122 famílias de patentes desse segmento entre 1998 e 2017.

Para Geciane, “essa premiação representa o reconhecimento pela qualidade e consistência da pesquisa utilizando patentes. Esta área tem se demonstrado muito promissora e tem nos permitido investigar questões de interação empresa - universidade com maior profundidade, em segmentos tecnológicos estratégicos. Além disso, este resultado só foi possível em razão da elevada dedicação do Alex, que aceitou um grande desafio ao escolher pesquisar sobre Rotas Tecnológicas e interação no setor de energia fotovoltaica”.

Na concepção do coautor, “o prêmio representa o fechamento de um ciclo iniciado no doutorado, sob exímia orientação da Profa. Geciane, e que reforça o potencial de investigação para a área de inovação tecnológica contido em patentes, abrindo caminhos para pesquisas futuras em outras áreas estratégicas”. “Além disso, a premiação chancela os esforços que as universidades têm em produzir ciência de alto nível, validado e reconhecido em periódicos internacionais”, conclui o docente da UFG.


Por: Rodrigo Basso, Assistência de Comunicação da FEARP.

Lido 202 vezes Última modificação em Sexta, 24 Mai 2024 11:50