Quarta, 03 Agosto 2016 13:09

Aluno irá cursar mestrado com bolsa integral na China

Avalie este item
(8 votos)

O aluno Carlos Eduardo Bannwart Whately do curso de Economia Empresarial e Controladoria (ECEC) conseguiu bolsa integral para fazer mestrado na Tsinghua University, em Pequim, na China.


Whately foi aceito no programa de economia e política chinesa da universidade, chamado Chinese Politics, Foreign Policy and International Relations. Segundo ele, sua dissertação irá focar nas relações comerciais entre Brasil e China.


Ele conta que decidiu realizar o mestrado na China depois de fazer uma viagem pela Ásia. “Lá, percebi que não sabia praticamente nada sobre o oriente e isso acabou despertando uma curiosidade, que me fez procurar cada vez mais informações”, explica. Como já pensava em realizar um mestrado, Whately passou a pesquisar por cursos e universidades na China.


As aulas na universidade chinesa iniciarão em setembro. Desde que foi aprovado no mestrado, Whately começou a estudar mandarim e já aprendeu algumas frases.


A bolsa integral será oferecida pelo governo chinês. “O governo chinês oferece diversas possibilidades para concorrer às bolsas, através da embaixada, das próprias universidades e da Organização dos Estados Americanos”, comenta o aluno. De acordo com ele, a documentação é a mesma para todas elas: é preciso ter o TOEFL, duas cartas de recomendação de professores, histórico escolar e personal statement. Normalmente, há uma entrevista por Skype também.


Foto: Arquivo pessoal
carlos universidadeChina2
Carlos Eduardo Bannwart Whately

Lido 4519 vezes Última modificação em Quarta, 03 Agosto 2016 13:12