Quarta, 27 Julho 2016 11:49

Lançamento da edição 2016/2017 do projeto Caminhos da Cana será nesta sexta-feira (29)

Avalie este item
(1 Voto)

Nesta sexta-feira (29/7), às 9 horas, ocorre o lançamento da edição 2016/2017 do projeto Caminhos da Cana, coordenado pelo professor do Departamento de Administração Marcos Fava Neves.


O evento de lançamento será realizado no Auditório do Centro de Cana do Instituto Agronômico (IAC) e deve reunir cerca de 300 profissionais, entre canavicultores da região, integrantes do setor e das associadas da Organização de Plantadores de Cana da Região Centro-Sul do Brasil (Orplana).


Uma das novidades desta edição é a participação do IAC. “A entrada do IAC neste projeto dá uma envergadura na parte científica agrícola, que faltava. Por isso, constitui grande agregação de valor ao trabalho”, afirma o professor Fava Neves.


Criado em 2014, o projeto Caminhos da Cana tem por objetivo ampliar o conhecimento da cadeia de produção, identificando seus principais desafios e tendências, além de fortalecer o associativismo. O projeto visa também transferir para a opinião pública os benefícios gerados pela produção e uso do etanol como energia sustentável e renovável.


Neste ano, o tema adotado será “Eficiência – antecipando-se às novas realidades”. “O objetivo é focar os assuntos nos problemas que o canavicultor tem ou terá a partir de fatores ambientais, regulamentadores, fiscais, legislativos, econômicos e tecnológicos, considerando se este produtor está preparado para estas novas realidades”, afirma Celso Albano, gestor executivo da Orplana. Nesse novo contexto estão incluídos a legislação ambiental, o novo Código Florestal, o protocolo agroambiental, que envolve o fim da queima da cana e a mecanização total, a prestação de serviços em colheita e outros.


O projeto já percorreu cerca de 50 municípios nos Estados de São Paulo, Alagoas, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Paraíba. “O Caminhos da Cana foi implantado para rodar as regiões sucroenergéticas, falando com as bases e para as bases”, diz Fava Neves.

Lido 1634 vezes Última modificação em Quarta, 27 Julho 2016 14:23