Wednesday, 27 February 2019 08:43

Brasil tem queda nas taxas de juros

Rate this item
(1 Vote)

As taxas de juros tiveram uma leve queda em 2018, tanto para pessoas físicas como para pessoas jurídicas. É o que aponta o Boletim Crédito, de fevereiro de 2019, elaborado pelos pesquisadores Francielly Almeida e Caio Vinicius da Silva Albanezi, da Fundação para Pesquisa e Desenvolvimento da Administração, Contabilidade e Economia (Fundace), gerida por professores da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEA-RP) da USP.

 

O Boletim é coordenado pelo professor Luciano Nakabashi, da FEA-RP. Os dados mostram que houve uma melhora no quadro de crédito no Brasil e no estado de São Paulo. A recuperação na confiança e a estabilidade da taxa Selic permitem um cenário de maior redução dos juros pelas instituições financeiras.

 

As taxas de juros com subsídio governamental para pessoas físicas recuaram em 0,02 p.p. na comparação entre os meses de novembro de 2018 e 2017. Para as jurídicas, elas caíram 0,16 p.p. no mesmo período.

 

Da mesma forma, as taxas dos recursos livres (sem subsídio) para pessoas físicas sofreram queda de 0,36 p.p. na comparação entre novembro de 2018 e o mesmo mês do ano anterior. Para pessoas jurídicas, as taxas de juros recuaram em 0,18 p.p. na comparação anual.

 

As operações de crédito apresentaram leve alta na comparação entre Novembro de 2017 e 2018. No país a alta foi de 0,4%, enquanto que no estado de São Paulo o crescimento foi de 3,7% e na Região Metropolitana de São Paulo foi de 5,2%.

 

O Boletim está disponível aqui.

 

Por: Leonardo Rezende, Assessoria de Comunicação da FEA-RP.

Read 574 times Last modified on Wednesday, 27 February 2019 08:50