Monday, 18 February 2019 14:52

Brasil fecha 2018 com aumento de empregos formais

Rate this item
(0 votes)

 

O País fechou 2018 com um saldo positivo de vagas de emprego formal, após três anos de redução de empregos com carteira assinada. É o que indica o boletim Mercado de Trabalho de fevereiro de 2019, elaborado pelos pesquisadores Francielly Almeida e Ingrid Nossack, da Fundação para Pesquisa e Desenvolvimento da Administração, Contabilidade e Economia (Fundace), gerida por professores da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEA-RP) da USP. O boletim é coordenado pelo professor Sergio Naruhiko Sakurai, da FEA-RP.

 

Apesar do saldo positivo no fechamento do ano, os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) de dezembro de 2018 apontam redução líquida de vagas de emprego em âmbito nacional. “Tradicionalmente, o mês de dezembro apresenta mais demissões devido a sazonalidade das atividades produtivas”, segundo os pesquisadores.

 

Um dos responsáveis pelo saldo positivo de empregos formais foi o Comércio. Em todo o país, somente o setor registrou contratações, que no total, foi responsável pela geração de 19.643 vagas líquidas de emprego com carteira assinada.

 

O Estado de São Paulo encerrou o mês de dezembro de 2018 com perda de 110.263 vagas de emprego. No acumulado do ano, o saldo foi de criação de 122.512 vagas de emprego no estado. Na Região Administrativa de Ribeirão Preto, o saldo líquido do emprego formal no mês de dezembro de 2018 também foi negativo. Em 2018 foi registrado um saldo positivo de 10.257 postos de trabalho na região.

 

A taxa de desemprego ficou em 11,6% no trimestre encerrado em dezembro de 2018, registrando recuo de 0,3 ponto percentual frente ao trimestre anterior. Na comparação com o mesmo trimestre de 2017, a taxa de desemprego permaneceu estável.

 

O boletim está disponível aqui.

 

Por: Leonardo Rezende, Assessoria de Comunicação da FEA-RP.

Read 591 times Last modified on Monday, 18 February 2019 15:00