Wednesday, 01 March 2023 13:33

USP implanta Auxílio-Saúde para servidores técnicos e docentes

Rate this item
(0 votes)

Começou a vigorar no dia 24 de fevereiro o Auxílio-Saúde USP, um subsídio pago mensalmente para custear despesas com planos de assistência médica, atendendo a uma antiga demanda de servidores docentes e técnico-administrativos da Universidade.

O Auxílio-Saúde USP consiste em um benefício financeiro pago aos servidores ativos que possuam planos de assistência médica à saúde devidamente registrados na Agência de Saúde Suplementar (ANS) ou contribuintes do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe). O valor do benefício não é incorporável aos vencimentos do servidor e está limitado ao plano básico, mas o beneficiário pode optar por planos mais caros, desde que complemente a diferença de valor.

“Um plano de assistência à saúde sempre foi uma demanda da Universidade. Com o equilíbrio financeiro alcançado nos últimos anos, conseguimos implantar um programa inédito que contempla toos os servidores. A valorização e o bem-estar da comunidade é uma das nossas principais diretrizes e, com certeza, essa iniciativa é uma grande conquista de todos nós”, afirmou o reitor Carlos Gilberto Carlotti Junior, que também ressaltou o trabalho da Coordenadoria de Administração Geral (Codage), Superintendência de Saúde (SAU) e Superintendência de Tecnologia da Informação (STI) na modelagem que foi realizada para a implantação do plano.

A Universidade possui cerca de 39 mil beneficiários, sendo 18 mil titulares e 21 mil dependentes. “A nossa expectativa é grande quanto à adesão ao Auxílio-Saúde. Atualmente, a USP oferece aos servidores o serviço de saúde na modalidade pós-pagamento, que atende exclusivamente aos servidores dos campi do interior, e serviços de atendimento no Hospital Universitário (HU) para os servidores da capital”, explicou o diretor do Departamento de Administração da Codage, Amaury José Rezende.

WhatsApp_Image_2023-03-01_at_13.54.43.jpeg


Uma das vantagens do Auxílio-Saúde USP é que o servidor pode escolher a operadora de saúde e a modalidade de serviços mais adequados a seus interesses. Mesmo se optar por uma das operadoras credenciadas, o papel da Universidade é apenas credenciar as empresas, sendo livre a negociação entre prestadora e servidores contratantes.

Para Rezende, “esse modelo que estamos propondo é o resultado dos esforços da Reitoria para desenvolver um modelo que propiciasse o melhor equilíbrio possível, pois considera as características da massa atuarial dos nossos servidores. Assim, o modelo proposto permite que todos recebam benefícios ponderados pelas faixas etárias, tornando o auxílio mais equitativo, na medida do possível”.


Adesão ao Auxílio-Saúde

Os servidores docentes e técnico-administrativos que possuem plano de saúde já podem aderir ao programa e solicitar o benefício. A adesão pode ser feita pelo Sistema Marte, com o preenchimento do Termo de Adesão e a anexação da documentação comprobatória exigida.

O primeiro pagamento do Auxílio-Saúde USP ocorrerá na folha de pagamento de março, que será creditada em abril. A adesão ao programa ou a inclusão de novos dependentes pode ser realizada a qualquer tempo.

As respostas para dúvidas mais frequentes estão disponíveis em um FAQ que pode ser acessado no sistema MarteWeb. O Departamento de Recursos Humanos também disponibilizou canais de atendimento pelo site, pelo e-mail rhauxiliosaude@usp.br e pelos telefones (11)3061-8892, (11)3091-0000, (14)3226-6475, (16)3373-8768, (16)3315-9309, (19)3447-8853 e (19)3565-4020.

WhatsApp_Image_2023-03-01_at_14.12.04.jpeg


Operadoras credenciadas

Apesar de a contratação do plano de assistência média ser de livre escolha e responsabilidade do servidor, a Codage também está realizando um chamamento público para o credenciamento de operadoras interessadas em ofertar planos com condições especiais aos servidores da Universidade.

“A modalidade de chamamento público é outra inovação contida nesse processo. A USP está realizando o credenciamento de operadoras de saúde, que devem ofertar um conjunto de planos com modalidades diversas e diferenciação em coparticipação, coberturas e acomodações”, explica Rezende.

Os planos de saúde oferecidos pelas credenciadas devem contemplar um Plano Básico, com acomodação em enfermaria, sem coparticipação e com mensalidades que não ultrapassem os valores fixados para o Auxílio-Saúde USP. Também devem ter uma cobertura em todo o Estado de São Paulo e não poderão exigir carência para adesões efetuadas em, pelo menos, 30 dias após a assinatura do Termo de Acordo de Parceria da operadora com a USP.

A relação das operadoras credenciadas e as informações sobre os planos de saúde oferecidos devem ser divulgadas no final de abril.


 

Sistema de Saúde USP

O benefício Auxílio-Saúde USP é um dos três eixos do Sistema de Saúde USP, um conjunto de ações voltadas à atenção, prevenção e cuidados da saúde dos nossos servidores e de seus dependentes, que está sendo implantado em toda a Universidade.

“Além do benefício, o programa também prevê ações voltadas à reestruturação dos serviços UBAS-USP, à atuação do médico da família, com programas de prevenção e gestão de atendimentos especiais, e o serviço de saúde digital 24 horas por dia, sete dias por semana”, explica o superintendente de Saúde, Paulo Andrade Lotufo.

 

Por: Erika Yamamoto, Jornal da USP.

Operadoras credenciadas
Apesar de a contratação do plano de assistência média ser de livre escolha e responsabilidade do servidor, a Codage também está realizando um chamamento público para o credenciamento de operadoras interessadas em ofertar planos com condições especiais aos servidores da Universidade.

“A modalidade de chamamento público é outra inovação contida nesse processo. A USP está realizando o credenciamento de operadoras de saúde, que devem ofertar um conjunto de planos com modalidades diversas e diferenciação em coparticipação, coberturas e acomodações”, explica Rezende.

Os planos de saúde oferecidos pelas credenciadas devem contemplar um Plano Básico, com acomodação em enfermaria, sem coparticipação e com mensalidades que não ultrapassem os valores fixados para o Auxílio-Saúde USP. Também devem ter uma cobertura em todo o Estado de São Paulo e não poderão exigir carência para adesões efetuadas em, pelo menos, 30 dias após a assinatura do Termo de Acordo de Parceria da operadora com a USP.

A relação das operadoras credenciadas e as informações sobre os planos de saúde oferecidos devem ser divulgadas no final de abril.

Read 916 times Last modified on Wednesday, 01 March 2023 14:27