Sabemos que para se conseguir refinar os resultados de uma pesquisa, devemos apresentar nossas pesquisas e debatê-las em arenas qualificadas para que, neste processo, possamos colher sugestões de melhoria, além de antecipar como podemos sustentar, justificar as escolhas teóricas e metodológicas em cada trabalho que queremos que seja aceito pelos nossos pares na academia internacional.O Programa de Pós-Graduação e Controladoria e Contabilidade, em conjunto com a Revista de Contabilidade e Organizações, promove o Research Arena in Accounting como uma destes Arenas no Brasil.

Como funciona. A cada edição semestral uma pesquisa em andamento é apresentada para receber as contribuições da academia nacional visando publicação de primeira linha. Sempre é convidado um debatedor, que é responsável por dar as principais e mais profundas contribuições. O paper também recebe contribuições da comunidade da FEARP presente. Ao final o relator da seção resume as contribuições e encerra a sessão do Arena.


Quem pode participar: Qualquer pesquisa em andamento em temas de Contabilidade, Finanças. Teoria Organizacional aplicada à Controle e Coordenação, ou afins pode se inscrever para apresentar. Se desejar inscrever sua pesquisa consulte a agenda com rcc@fearp.usp.br

 

Arenas realizadas:

>> 07/05/2018 às 14h00 com organização do PPGCC e Grupo de Pesquisa PSAGiB pelo Prof. Dr. André Carlos Busanelli de Aquino. O Research Arena in Accounting em “Contabilidade Pública”, teve em debate o artigo: Mnemonic Entrepreneurship pelo Dr. Diego Coraiola da University of Alberta do Canadá. 
 
>> 16/11/2017 às 14h00 com organização do PPGCC e Grupo de Pesquisa PSAGiB pelo Prof. Dr. André Carlos Busanelli de Aquino. O Research Arena in Accounting em “Contabilidade Pública”, teve como temática 'Contagem regressiva: renegociação de prazos em transparência de governos locais e contou com participação da Profa. Lidiane Dias.
 
>> 10/11/2016, das 09h00 às 17h00, com organização do PPGCC e Grupo de Pesquisa PSAGiB pelo Prof. Dr. André Carlos Busanelli de Aquino. O Research Arena in Accounting em “Contabilidade Pública”, teve como temática Reformas da Contabilidade Pública e, contou com a participação presencial dos professores pesquisadores:
-Claudia Ferreira Cruz da UFRJ, discutindo o paper “Uma análise do papel dos tribunais de contas à luz das falhas apontadas nos pareceres prévios emitidos para contas municipais”
-Patrícia Siqueira Varela, da FEA/USP, que apresentou o paper “Regionalização e Contratualização de Resultados em Atenção Básica à Saúde no Município de São Paulo”.
-Amon Narciso de Barros, da EASP-FGV, apresentando à distância o paper “O uso de arquivos em pesquisa organizacional”
As discussões com o grupo focal que abordaram o tema "Implantação e uso de informação de custos" contaram com a colaboração de: Danilo de Freitas Queiroz; Marcelo Inocêncio Pereira; Elisângela Santos Fernandes; Manfrini de Assis.
As discussões sobre -¨Contabilidade patrimonial e “Relatórios populares”" tiveram a participação de: Israel Monteiro; Joscimar Souza Silva; Valmir Leôncio da Silva; Alex Campanha.
O debate geral teve a contribuição do Professor Armando Cunha, da FGV-SP.
Prestigiaram o evento, os professores Ricardo Lopes Cardoso, da Ebape/RJ, Jaime Crozatti da Each/USP, alunos em curso pesquisadores da área de contabilidade pública, bem como potenciais alunos interessados no tema.

 

>> 26/10/2016, 14h00, com organização do PPGCC pela Profa. Dra. Maisa de Souza Ribeiro e Profa Dra. Mariana Simões Ferraz do Amaral Fregonesi. O Research Arena em “Tendências para a pesquisa sobre Relato Integrado", teve a apresentação da Coordenadora da Comissão Brasileira de Acompanhamento do Relato Integrado, membro do International Integrated Reporting Council (IIRC), assessora da presidência do BNDES, Vânia Maria da Costa Borgerth com o tema Implementação do Relato Integrado no Brasil e discussão pelos participantes das tendências da pesquisa em Relato Integrado no Brasil. 

         O vídeo da palestra pode ser acessado aqui.

 

>> 24/06/2016, 09h30, com organização do PPGCC pelo Prof. Dr. Marcelo Sanches Pagliarussi. O Research Arena em “Governança em Empresas Familiares", teve a apresentação do paper de autoria do Prof. Dr. Luiz Ricardo Kabbach de Castro, da Escola de Engenharia de São Carlos, intitulado “The benefits of family-control: How family corporate governance enables investment” com debate e mediação do Prof. Dr. Marcelo Sanches Pagliarussi.

 

>> 20/05/2015, 14h, com organização do PPGCC pela Profa. Dra. Adriana Maria Procópio de Araujo. O Research Arena em “Ensino Contábil”, teve como objetivo a discussão da área de pesquisas em Ensino Contábil no Brasil com ênfase na competência do docente do ensino superior. Houve a apresentação do paper de autoria da Profa. Dra. Vilma Geni Slomski, com o tema “Saberes que fundamentam a prática pedagógica dos docentes que atuam no curso de ciências contábeis” e debate pelos convidados, Prof. Dr. Gilberto Miranda da Universidade Federal de Uberlândia e pelo Prof. Dr. Marcos Laffin da Universidade Federal de Santa Catarina. A mediação ficou por conta da Profa. Dra. Adriana Maria Procópio de Araujo. A seguir, houve a palestra “Competência do Professor Universitário” proferida pelo Prof. Dr. Marcos Tarcisio Masetto. O Prof. Masetto é especialista no assunto, autor de vários artigos científicos na área e livros sobre o tema.

 

>> 02/09/2014, 14h, com organização do PPGCC pelo Prof. Dr. Fabiano Guasti Lima. Foram abordadas três apresentações com debates entre acadêmicos e profissionais da área para que juntos pudessem entender a evolução da pesquisa, suas dificuldades e perspectivas sobre a área de Finanças. A primeira destacou a Evolução e Tendências do Estudo das Finanças no Brasil, feita pelo professor Dr. Alexandre Assaf Neto. A segunda apresentação intitulada Integração da Pesquisa entre Contabilidade e Finanças proferida pelo Professor Dr. Eliseu Martins. Alinhado com os temas voltados ao mercado profissional, também foi apresentado o tema Finanças e o mercado profissional” pelo Sr. João Carlos Castilho Garcia, da M/LEGATE Corporate Finance and Accounting e para encerrar, o professor Dr. Heitor Almeida, do  College of Business at Illinois, proferiu a apresentação sobre “Finanças e Oportunidades de Pesquisa e Estágios nos Estados Unidos”. Todas as apresentações tiveram o debate e mediação do Professor Dr. Nelson Carvalho. Ao término do evento foi prestada uma justa e merecida homenagem pelo PPGCC e Departamento de Contabilidade ao professor Dr. Alexandre Assaf Neto em razão da sua aposentadoria e pelas excelentes contribuições que deixou enquanto foi Coordenador e Professor do PPGCC.

 

>> 29/11/2013, 14h Bruno Ramos Mangualde (Analista de Finanças e Controle da Secretaria do Tesouro Nacional) apresentou a pesquisa: Challenges and benefits of public sector accounting reforms: A comparative study of Brazil and England. O paper foi debatido pelo Prof. Dr. Jose Alexandre Magrini Pigatto (Universidade Federal de Santa Maria), Prof. Dr. Ricardo Lopes Cardoso (EBAPE/FGV), Prof. Dr. André Aquino (FEARP/USP), Prof. Dr. Vinicius Martins (FEARP/USP).

 

>> 20/09/2013, 14h Profa. Dra. Edilene Santana Santos (Fundacao Getulio Vargas - EAESP) apresentou a pesquisa "Mandatory IFRS Adoption in Brazil (2010): Index of Compliance with Disclosure Requirements and Explanatory Factors of Firms Reporting". O artigo é um estudo empírico que testa o baixo grau de compliance no primeiro ano de adoção mandatória do IFRS no Brasil (2010). A análise das demonstrações de 366 empresas brasileiras de capital aberto (não-financeiras) mostra a associação do nível de compliance ao porte da empresa e à auditoria por uma "Big 4". O paper foi debatido pelo Prof. Dr. Silvio Nakao (FEARP) e Prof. Dr. Vinicius Aversari Martins (FEARP).  Download do paper no SSRN.

Aqui o convite da versão de Setembro/13.

 

>> 04/04/2013, 14h Prof. Dr. Marcelo Pagliarussi (FUCAPE) apresentou a pesquisa "Managers as stewards or agents? The role of national culture and family involvement on organizational identification". O artigo teórico procura inserir no tradicional modelo de agency um fator de motivação pela Identidade Organizacional que os gestores poderiam possuir e desenvolver. Tal fator, por exempo, traria impactos nas explicações para o comportamento de executivos em empresas familiares (membros da família vs. externos à família). O paper foi debatido pelo Prof. Dr. Sandro Cabral (UFBA). No mesmo dia o Prof. Dr. Sandro Cabral (UFBA) proferiu a Palestra "Inserção da publicação docente no cenário internacional", tratando do processo de submissão de artigos em periódicos internacionais, e da manutenção de um "pipeline" de pesquisa/apresentação de pesquisas em congressos/submissão/revisão para aceite.
Veja aqui o convite  da versão de Março/13.

   
edilene
pagliarussi_2
sandro_cabral_2

 

 ​

Agenda Qualificações

Agenda Defesas

  • Lucas Allan Diniz Schwarz Open or Close

    Área:    Controladoria e Contabilidade

    Curso: Mestrado
    Data:    14/02/2020, às 17h00 - horário de Brasília
    Local: 
    Sala 43, Bloco B2 da FEA-RP
    Título: Incerteza sobre a política econômica e estrutura de capital: evidências no Brasil
    Autor: Lucas Allan Diniz Schwarz

     

    Banca: Prof(a). Dr(a). Flávia Zóboli Dalmácio (Presidente)

    Prof(a). Dr(a). José Elias Feres de Almeida (Universidade Federal do Espírito Santo - UFES) - MCONF RNP

    Prof(a). Dr(a). Fernando Dal-Ri Murcia (Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade - FEA) - MCONF RNP

    Prof(a). Dr(a). Marcelo Augusto Ambrozini (FEA-RP)

     

    Resumo: 

    Este estudo procurou investigar como a incerteza sobre a política econômica afeta as decisões de alavancagem das empresas brasileiras listadas em bolsas de valores. Primeiras evidências sugerem que firmas não-financeiras listadas empregam menos dívidas em suas estruturas de capital em momentos de maior incerteza sobre a política econômica (Lv & Bai, 2019; Zhang, Han, Pan, & Huang, 2015). A partir de dados trimestrais de 163 firmas não-financeiras brasileiras listadas na B3 entre março de 2010 e março de 2019, foi verificado que as firmas não-financeiras da amostra responderam a níveis elevados de incerteza sobre a política econômica com maiores níveis de alavancagem, mesmo quando controla-se as condições macroeconômicas, contrariando a perspectiva clássica apresentada pela Teoria do Trade-off para a relação entre incerteza e alavancagem. Os achados deste estudo são,ao menos preliminarmente,consistentes comaTeoriadoMarketTiming. Os resultados persistem em especificações que procuraram minimizar possíveis problemas de endogeneidade.

Atualização do site

  • Atualizado em: 24 Janeiro 2020, 19:23:10.