Nenhum evento programado no momento.

Agenda Qualificações

Agenda Defesas

  • Michele Aparecida Dela Ricci Junqueira Open or Close

    Prezados(as) Senhores(as),


    Seguem informações a respeito de defesa de tese de Doutorado agendada na FEA-RP:

    Área:    Administração de Organizações
    Data:    23/10/2017, às 15h00
    Local: Sala 43, Bloco B2 da FEA-RP
    Título: Identificação de variáveis que contribuem para o sucesso de um projeto de pesquisa científica financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da Universidade de São Paulo (USP)
    Autor: Michele Aparecida Dela Ricci Junqueira

     

    Banca: Prof(a). Dr(a). Claudia Souza Passador (Presidente)

    Prof(a). Dr(a). Jose Eduardo Krieger (FM - USP)

    Prof(a). Dr(a). Geciâne Silveira Porto (FEARP - USP)

    Prof(a). Dr(a). Glaucius Oliva (IFSC - USP)

    Prof(a). Dr(a). Fernando de Queiroz Cunha (FMRP - USP)

     Resumo: O objetivo geral desta tese de doutorado é identificar a relação entre o escritório de gestão e o sucesso de um projeto de pesquisa científica. Parte-se do pressuposto de que o escritório de gestão de projetos impacta o custo, o tempo e a qualidade dos projetos, variáveis que estão relacionadas com a eficiência segundo a revisão da literatura. Também é esperado que os projetos de pesquisa científica com relativamente maior número de bolsistas, maior titulação do cientista, dependendo da área do conhecimento e do tipo de financiamento, tenham maior número de publicações e se destaque pelo impacto científico. Para testar as hipóteses levantadas, esta tese de doutorado utilizou a revisão sistemática da literatura e o levantamento de dados de projetos de pesquisa científica financiados pela FAPESP e executados na FMRP. As hipóteses foram testadas utilizando-se as técnicas de análise de dados, teste de independência qui-quadrado, regressão linear múltipla e regressão logística binária. Como resultado, o estudo mostrou que o escritório de gestão de projetos pode contribuir para o sucesso de um projeto de pesquisa científica. Os cientistas teriam atingido o sucesso sem esse apoio; porém, foi demonstrado que o escritório de gestão de projetos cumpre com eficiência o papel de poupar o cientista de tarefas burocráticas, para que ele dedique seu tempo a outras tarefas, como a orientação de estudantes e a divulgação da pesquisa, um resultado esperado do ponto de vista do referencial teórico. Esse resultado sugere maior foco em aspectos da eficiência do que nos aspectos da efetividade. Os testes e resultados restringem a generalização dos resultados, pois se basearam em dados de apenas uma unidade (FMRP), no período de 2009 a 2015, de projetos financiados pela FAPESP, e por isso deve haver outras variáveis que poderiam contribuir para o sucesso de um projeto de pesquisa científica quando outros contextos são avaliados e de o escritório de gestão de projetos analisado foca apenas a gestão financeira do projeto de pesquisa científica. Entre as diversas sugestões para pesquisas futuras, recomenda-se a implantação de um centro compartilhado de gestão de projetos no Campus da USP em Ribeirão Preto, a análise do efeito de outras variáveis e a aplicação de um survey junto aos cientistas que contam e que não contam com o apoio do escritório de gestão de projetos da FMRP, para verificar a percepção de sucesso do projeto de pesquisa científica.

  • Natália Munari Pagan Open or Close

    Área: Administração de Organizações
    Data: 27/10/2017, às 10h30
    Local: Sala 43, Bloco B2 da FEA-RP
    Título: Antecedentes da confiança e intenção de compra no comércio social: um estudo sobre a perspectiva das mídias sociais como ferramentas de anúncios de produtos e serviços
    Autor: Natália Munari Pagan

     

    Banca: Prof(a). Dr(a). Edgard Monforte Merlo (Presidente)

    Prof(a). Dr(a). Alexandre Bevilacqua Leoneti (Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto - FEA/RP)

    Prof(a). Dr(a). Evandro Eduardo Seron Ruiz (Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto - FFCLRP)

    Prof(a). Dr(a). Ivete Delai (Universidade Federal de São Carlos - UFSCar)

     

    Resumo: A confiança online é de grande importância no comércio online sendo considerada mais importante no comércio social do que no comércio eletrônico, visto que, ela é a responsável por levar os consumidores a adquirir a intenção de compra. Devido a grande importância da confiança no comércio online, esta pesquisa possuiu como principal objetivo estudar o relacionamento entre a confiança e as variáveis que a influência (seus antecedentes) e entre a confiança e a intenção de compra. Este relacionamento foi verificado no comércio social mais especificamente em sua segunda forma de classificação, a qual, considera as mídias sociais como sendo um tipo de loja online. Como antecedentes foram estudados a privacidade, a segurança, a proximidade, a familiaridade e o hábito de utilizar o site sendo que este foi estudado de forma inédita neste estudo. Para realizar esta pesquisa foi realizado um levantamento junto com os consumidores que utilizam o Facebook como site do comércio social. Como método de coleta de dados foi utilizado um questionário elaborado com base na escala Likert de sete pontos onde este foi aplicado aos estudantes da graduação e da pósgraduação da Universidade de São Paulo campus Ribeirão Preto sendo que a amostra utilizada nesta pesquisa foi por conveniência. Como método de análise de dados foi utilizado o modelo de equações estruturais. Foi possível mostrar que os antecedentes: privacidade, segurança, familiaridade e hábito de usar o site influenciam positivamente a confiança e que a proximidade exerce influência negativa. Também foi mostrado que a confiança influencia positivamente a intenção de compra. Os resultados deste estudo trouxeram importantes descobertas na área de pesquisa do comércio social contribuindo tanto com a literatura quanto com a prática. Em relação a literatura foi possível mostrar que a segurança é um antecedente da confiança fato que não tinha sido comprovado em outra pesquisa, além do mais foi visto de forma inédita que o hábito de usar o site também é um antecedente que exerce influência positiva sobre ela. Na prática estes resultados podem ser utilizados pelos administradores para melhorar seus sites.

  • Marina Teixeira de Souza Open or Close

     Seguem informações a respeito de defesa de dissertação de mestrado agendada na FEA-RP:

    Área: Administração de Organizações
    Data: 08/11/2017, às 14:30
    Local: sala 43, bloco B2 da FEA-RP
    Título: Anúncios Orgânicos e Patrocinados: estudo sobre intenção de compra online e comportamento visual
    Autor: Marina Teixeira de Souza

     

    Banca: Prof(a). Dr(a). Jorge Henrique Caldeira de Oliveira (Presidente)

    Prof(a). Dr(a). Adriano Rogerio Bruno Tech (Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos / USP)

    Prof(a). Dr(a). Rosani de Castro (Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho - UNESP) - Skype

    Prof(a). Dr(a). Janaina de Moura Engracia Giraldi (Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto - FEA/RP)

     

    Resumo: A propaganda em sites de pesquisa utilizando anúncios orgânicos e patrocinados corresponde a uma estratégia de Marketing que propicia a interação entre empresas e seu público alvo a partir da utilização de palavras-chave ao efetuar a pesquisa online, dessa forma, os sites de pesquisa agem como intermediários entre necessidades dos consumidores e o grande número de informações disponíveis nas páginas da web. Assim, este estudo tem como objetivo verificar como é a relação entre atenção aos anúncios orgânicos e patrocinados e tipos de comportamento visual acerca da intenção de compra online. Foi realizada uma revisão da literatura sobre os Canais de Comunicação Online, Anúncios Orgânicos e Patrocinados bem como a utilização e eficácia desses tipos de anúncios, também foi abordado sobre a Intenção de Compra Online, Tipos de Comportamento Visual e, por fim, foi traçada a relação entre esses fatores. Na sequência, a partir da coleta de dados primária realizada com 100 estudantes da Faculdade de Administração, Economia e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEA-RP/USP) – foi realizado um estudo quantitativo e descritivo utilizando o equipamento eye-tracking seguido da aplicação de um questionário. Utilizou-se a técnica estatística de Regressão Logística com Efeito Aleatório, que permite verificar o comportamento de um indivíduo em cenários diferentes e atender aos objetivos do estudo. A partir da análise, foi possível verificar que os indivíduos têm maior tendência a optar por Anúncios Patrocinados dos sites de pesquisa e que esse fato está positivamente relacionado à atenção visual e independe do tipo do Comportamento Visual que possui. Esses resultados fornecem informações relevantes acerca de apresentação de anúncios em sites de pesquisa, além de proporcionar reflexões teóricas para pesquisas nessa área.

  • Ana Claudia Bansi Open or Close

    Área:    Administração de Organizações
    Data:    13/11/2017, às 14h00
    Local: Sala 43, Bloco B2 da FEA-RP
    Título: O papel da sustentabilidade organizacional na relação entre o grau de internacionalização e o desempenho de empresas multinacionais
    Autor: Ana Claudia Bansi

     

    Banca: Prof(a). Dr(a). Simone Vasconcelos Ribeiro Galina (Presidente)

    Prof(a). Dr(a). Felipe Mendes Borini (FEA/USP)

    Prof(a). Dr(a). Alexandre Bevilacqua Leoneti (FEARP/USP)

    Prof(a). Dr(a). Luciano Munck (UEL)

    Prof(a). Dr(a). Lara Bartocci Liboni Amui (FEARP/USP)

    Obs.: É vedada a participação na comissão examinadora, de parente em linha direta ou colateral até quarto grau do aluno, do orientador e dos demais membros da referida comissão, conforme estabelecido no § 3º do artigo 94 do Regimento de Pós-Graduação (Resolução CoPGr nº 6542, de 18/04/2013).

     Resumo: A relação entre internacionalização e desempenho tem sido estudada desde a década de 1970. Contudo, os resultados têm sido divergentes. Estudos indicam que se deve concentrar mais fortemente em identificar as variáveis moderadoras promissoras dessa relação. Uma vez que a sustentabilidade é percebida como um fator estratégico que é capaz de interferir, de alguma forma, no desempenho e na vantagem competitiva das empresas multinacionais (EMNs), este estudo tem como objetivo compreender se as ações sustentáveis realizadas pelas EMNs moderam a relação entre o grau de internacionalização e o desempenho das mesmas. As ações sustentáveis são entendidas por meio de dois fatores. O primeiro é a divulgação de ações sustentáveis que envolve a elaboração e disponibilização de relatórios de sustentabilidade aos stakeholders. Esses relatórios são baseados em diretrizes de divulgação que abarcam informações nos pilares: econômico, ambiental e social. O segundo é a gestão da sustentabilidade que envolve a adoção de sistemas de gestão ambiental/social – que representa, por meio das certificações angariadas, uma legitimidade da existência de ações socioambientais; e a geração de inovação sustentável – que representa, por meio do desenvolvimento de produtos e/ou processos que lidam com desafios socioambientais, a existência de preocupações reais quanto à sustentabilidade. A amostra do trabalho foi composta por EMNs que constam na base de dados da Thomson Reuters Eikon entre as maiores empresas de capital aberto do mundo. Os dados foram levantados para o período de 2006 a 2015. As hipóteses do trabalho foram testadas com a aplicação da técnica de dados em painel, com regressões pelo método de Mínimos Quadrados Ordinários (MQO). Por fim, os principais resultados encontrados foram: a) a relação entre internacionalização e desempenho é moderada por ações sustentáveis, adotando um resultado não-linear em forma de U-invertido; b) divulgar a sustentabilidade é uma ação sustentável realizada pelas EMNs que apresenta ter um papel moderador da relação entre internacionalização e desempenho, demonstrando um efeito não-linear em forma de J-invertido; c) adotar sistemas de gestão ambiental/social é uma ação sustentável realizada pelas EMNs que apresenta um papel moderador da relação entre internacionalização e desempenho, demonstrando um efeito não-linear em forma de U-invertido; e d) realizar inovação sustentável não influencia na relação entre internacionalização e desempenho.