Quarta, 03 Dezembro 2014 12:11

Conselheiros propõem sugestões para aproximar a FEA-RP do mundo empresarial e do mercado de trabalho

Avalie este item
(8 votos)

Aproximar a FEA-RP do mundo empresarial e do mercado de trabalho. Foi baseada nesses tópicos a maior parte das sugestões dadas por conselheiros na primeira reunião do Conselho Consultivo Externo, realizada na sexta-feira (28).


Formado por representantes de importantes empresas da região e do Brasil, o Conselho listou as principais questões que podem ajudar a Faculdade a evoluir no ensino e formar alunos preparados para o mercado de trabalho. Dentre elas:


- Aprofundar o conhecimento em estratégia empresarial e governança corporativa;


- Ampliar o programa de estágio supervisionado, incluindo-o na grade curricular para ser realizado no penúltimo semestre do ano de conclusão do curso. A medida teria como objetivo fomentar o estágio de forma geral (inclusive internacional) agregando ao aluno o contato com o mundo empresarial, sem prejuízo da sua formatura no tempo normal da graduação;


- Promover maior participação nas questões públicas (como, por exemplo, o desenvolvimento e a apresentação de propostas relacionadas a mobilidade urbana, cidades inteligentes e processos licitatórios);


- Desenvolver programas que propiciem maior integração do corpo docente com o mercado, facilitando a internalização, na Faculdade, de experiências e cases de sucesso do mundo empresarial, além de promover o intercâmbio de conhecimento;

 

- Ter uma porcentagem do corpo docente formado por executivos com mais de dez anos de experiência na iniciativa privada;


- Ministrar cerca de 20% das disciplinas dos cursos em inglês;

 

- Submeter o TCC a um "balcão de vendas" para as empresas e o mesmo ser aprovado apenas se a empresa "comprar" o projeto;


- Desenvolver, nas áreas de contabilidade e administração, matérias mais abrangentes sobre os temas de planejamento tributário, direito empresarial e lei das S.A., preparando o aluno para situações mais complexas do mundo dos negócios (fusões, aquisições, M&A, IPO etc);


- Rever o conteúdo dos cursos de graduação e MBAs, com o objetivo de aproximar as disciplinas do mundo real;


- Ter uma empresa exponsor das cinco principais disciplinas (uma em cada ano da graduação);


- Evoluir a instituição para uma escola de negócios integrada, com grade curricular comum nos primeiros anos e com a opção do aluno em especializar-se em uma das áreas ao final do curso;


- Direcionar o foco a valores éticos e morais no mundo dos negócios;


- Criar um mestrado em liderança.

 

Primeira reunião

A primeira reunião do Conselho Consultivo Externo teve início com uma apresentação sobre a USP e a FEA-RP, feita pelo diretor Dante Pinheiro Martinelli. Logo em seguida, os chefes de Departamento falaram sobre dados gerais e informações dos cursos oferecidos na Unidade. Depois, foi a vez dos presidentes das comissões de graduação, pós-graduação, cultura e extensão universitária e pesquisa comentarem sobre as atividades desenvolvidas.

 

A segunda parte da reunião envolveu apenas os conselheiros, que se reuniram para pensar sugestões que ajudassem a FEA-RP a formar alunos para solucionar os desafios que as organizações enfrentam e contribuir de forma efetiva com a sociedade. As sugestões foram então apresentadas, no Anfiteatro, a alunos, funcionários e professores.

 

O Conselho Consultivo Externo é um dos projetos prioritários da gestão do diretor. O projeto é coordenado pelo professor do Departamento de Administração, Marcos Fava Neves, com a ajuda da assistente técnica de gabinete, Fabiana Abreu. O objetivo é que as reuniões do Conselho sejam realizadas semestralmente.

 

Confira as fotos* da primeira reunião:

 

 

* Crédito das fotos: Dulcelene Jatobá

Lido 2251 vezes Última modificação em Sexta, 27 Novembro 2015 11:55