Print this page
Lunes, 09 Diciembre 2019 16:34

Operações de crédito sobem no Estado de São Paulo

Rate this item
(0 votes)

 

Na comparação entre os meses de agosto de 2018 e 2019, as operações de crédito tiveram crescimento de 8,9% no estado de São Paulo. É o que aponta o Boletim de Crédito de Novembro de 2019, produzido pelos pesquisadores Francielly Almeida e Marcelo Lourenço Filho, sob coordenação do professor Luciano Nakabashi, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEA-RP) da USP.

 

Contrariando a tendência, a Região Metropolitana de Ribeirão Preto (RMRP) teve uma redução de 8,4% nas operações de crédito. No município de Ribeirão Preto a queda foi ainda maior, de 9,3%. A queda é explicada, sobretudo, pela retração do crédito destinado aos financiamentos agrícolas. Na RMRP, essa modalidade registrou recuo de 30,2% e, em Ribeirão Preto, de 35,9%.

 

A demanda por crédito das grandes empresas esteve abaixo dos níveis esperados entre 2015 e 2017, período de crise econômica. A partir de 2018, no contexto do período eleitoral, a tendência se reverteu e a demanda observada ficou acima da esperada. Já entre as micro, pequenas e médias empresas, a demanda por crédito no mesmo período foi superior às estimativas e, também desde 2018, há uma tendência de crescimento.

 

Os pesquisadores explicam a maior demanda por crédito como resultado da retomada do crescimento econômico e da redução das taxas de juros. Ainda segundo os pesquisadores, outros fatores são as propostas do governo de fomentar, principalmente pela via da desburocratização, os pequenos negócios e empreendimentos e retomada na ampliação dos projetos.

 

No cenário de crise, tanto a demanda quanto a aprovação de crédito habitacional caíram consideravelmente. A partir do 3º trimestre de 2017, porém, os índices subiram, tornando-se positivos desde então. As aprovações de crédito caíram nos dois primeiros trimestres de 2019, mas voltaram a aumentar na passagem para o terceiro trimestre. De modo geral, dados recentes da atividade econômica apontam para melhora no setor da construção civil.

 

Leonardo Rezende, Assessoria de Comunicação da FEA-RP.

Read 451 times Last modified on Miércoles, 11 Diciembre 2019 15:49